2/03/2015

Resenha Filme: Let me in 2010

| |

Olá pessoas!!!

Tudo bem por ai?
Eu sumi eu sei, mas foi por uma boa causa(ounão). Minha internet pifou na sexta, ficou semi morta sábado e domingo, e ontem o navegador fez questão de parar completamente, eu não sei o motivo mas nem o chrome, nem mozilla e muito menos o explorer pegaram --' ficou dando erro.

ENFIM, estou de volta!!!
E como prometido, hoje vim resenhar o filme Let me in ou Deixe-me entrar, a pedido da linda da Anna lê <3 leitora aqui do blog (O Blog que não é blog )

Alguem ai já viu esse filme? Sabia que existem duas versões?

Então vem comigo saber mais






Nome: Let me in / Deixe-me entrar.

Duração: 1h e 56min.

Versão: 2010.

Classificação indicativa: + 16 anos.

Sinopse: " Owen (Kodi Smit-McPhee) é um garoto solitário, que vive com a mãe e é sempre provocado pelos valentões da escola. Um dia ele conhece, perto de sua casa, Abby (Chloe Moretz). Sempre nas sombras, ela aos poucos de aproxima de Owen e logo se tornam amigos. Só que Abby possui um segredo: ela é muito mais velha que sua aparência indica e necessita de sangue para sobreviver. Para consegui-lo, seu acompanhante (Richard Jenkins) realiza assassinatos na surdina, de forma a retirar o sangue das vítimas e levá-lo para Abby. "___ FONTE: Adorocinema.com




Trailer:


* * *

Curiosidades:

# Deixe-me entrar é uma refilmagem do filme  Deixa ela entrar de 2008 ( Suécia ).

# No final de um dos trailers ouve-se a mensagem em código morse : Help me

# A palavra "vampiro" foi usada apenas uma vez no filme todo

# As cenas em que Chloe Moretz ( Abby ) está descalça na neve, ela REALMENTE está descalça no frio. A equipe cuidou todos os momentos para que durante a gravação ela não ficasse doente.


*  *


 Lembrem-se, estou resenhando a versão 2010, ok?


 Let me in é um filme bem singular se pararmos para analisa-lo como um todo.

  A primeira versão consegue ser única, e apesar de ser uma refilmagem, essa versão de 2010 não fica nada atrás.

 Começando pelos cenários, o filme se passa em locais sem tanta iluminação, as cenas costumam ser pálidas, com aquele jeitinho de "clima frio". As imagens acinzentadas e a pouca luminosidade, somado aos poucos ambientes do filme contribuem e muito, para todas as sensações que o filme proporciona.

 Os personagens foram bem desenvolvidos, Tanto o Owen como Abby ganharam realmente vida com seus respectivos atores.
 Chloe Moretz, Abby, com certeza merece uma salva de palmas por sua interpretação. A garota consegue passar muito bem a personalidade fechada, a solidão e até mesmo a culpa, ao precisar matar por desespero.
Kodi também não fica atrás na interpretação, passando bem os sentimentos de um garoto reprimido, triste.





 O filme conta sim com bastante violência, e as cenas do homem matando as pessoas para alimentar a garota realmente podem chocar um pouco.
O filme não chega a ser gore, aquele monte de sangue sem propósito. Pelo contrário, as cenas cabem muito bem com o andamento da história sem ser exagerado.

 O único ponto que tenho a reclamar quanto ao filme são os efeitos em computação( ex: abby escalando a árvore) achei que apesar de ter ficado bom, poderia ter sido melhor entendem? XD A movimentação ficou muito corrida e sinceramente me lembrou um pouco crepúsculo X.X''




Os efeitos sonoros do filme são muito bons, as dublagens também combinaram muito bem aos personagens.

Quanto ao enredo, simplesmente espetacular!
 O filme todo é desenvolvido de uma forma que você demora a entender o que está se passando com Abby, o que faz com que você fique preso ao filme, mas ainda sim, quando você finalmente descobre tudo e junta as peças o filme não deixa de ser interessante. As cenas final realmente valem a pena lembrar.

O diretor, junto a toda equipe e  principalmente os atores, conseguiram passar muito bem todas as emoções do filme, desde a agonia nas mortes, o sofrimento dos personagens, e até mesmo as doses de sustos que vem em medida certa e sem forçar nada.



Conclusão

 Let me in é um filme de vampiros mas sem aquele clichê todo que vemos  por ai, ao meu ver, é um filme para todas as pessoas que curtem uma boa história, um bom desenvolvimento, ótimas interpretações e um sustinho de vez em quando.
 Quero deixar claro que a classificação 16 anos vem apenas pelo fato das cenas de sangue, mas não, não é um colinas de sangue da vida ,ok?

  Eu vi a primeira versão já faz muito tempo, mas posso dizer com toda certeza do mundo de que apesar de ser uma refilmagem, os dois exemplares caminham de mãos dadas na qualidade, tanto da história como das interpretações.

NOTA FINAL: 4,5/5,0

***

É isso pessoal, espero que tenham gostado!

Já viram o filme? Me contem nos comentários!

Ah! e façam como a Anna, deixem os nomes de filmes que gostariam de ver uma resenha por aqui.

Um beijo e até o próximo post!


4 comentários:

  1. Gostei muito da resenha, me deixou curiosa para assistir o filme! Realmente pelo que disse os atores que interpretaram parecem ser muitíssimo bons, julgando que são crianças! Vou ver se assisto no fds. Parabéns pela matéria, Jac! Beijinhos <3

    http://www.teoremadabeleza.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieeee
      Que bom ue gostou flor, espero que possa assistir, o filme realmente vale a pena *.*

      Um beijooo e volte sempreee!!

      Excluir
  2. Caramba, muito sinistro. Já quero ver!

    Beijos
    http://pimentasdeacucar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooooooi o/
      Nhaa que bom que gostou! Veja sim flor vale super a pena *.*

      Beijooos e volte sempre!

      Excluir